Conversor Serial / Ethernet e Bridge Modbus (GTON-C)

Conversor Serial / Ethernet, modo transparente, serial virtual 

Novo conversor GTON-C possui todas as fincionalidades compativeis com os conversores ESC717-S2, ESC717-S4, ESC717-B2 e ESC717-B4.

O GTON-C SET é um conversor Ethernet-Serial com as seguintes características principais:

Opera da seguinte forma:

Características e recursos adicionais:

Gateway Modbus TCP / Modbus RTU 

O GTON-C SET também opera como uma Bridge Modbus:

Recursos adicionais:

 Dúvidas, consulte nossa FAQ sobre ESC716, ESC71 e GTON-C.

  

Solicitar Orçamento

 

Exemplo 1: Acesso a dispositivo Serial RS232-C através da Ethernet

Neste exemplo é apresentado um computador com um sistema de supervisão acessando através de uma conexão a cabo um equipamento com interface serial RS232-C. Nesta arquitetura, utilizando o GTON-C SET, o sistema de supervisão pode acessar o mesmo equipamento através da rede Ethernet.

 

 

Exemplo 2: Acesso a dispositivos Seriais em RS485 através da Ethernet

Um computador com um sistema de supervisão, e utilizando um conversor RS232-C / RS485, acessa  diversos equipamentos no chão de fábrica através de uma rede RS485. Nesta arquitetura, utilizando o GTON-C SET, o sistema de supervisão pode acessar qualquer um dos equipamentos no chão de fábrica através da rede Ethernet.

 Exemplo 3: Bridge Modbus-TCP para Modbus-RTU

Neste exemplo os equipamentos “A”, “B”, “C” e “D” operam como mestres Modbus na rede Ethernet (protocolo Modbus-TCP), e acessam de forma compartilhada um único dispositivo escravo Modbus “1”. Este dispositivo escravo possui uma interface serial RS232-C e disponibiliza protocolo Modbus-RTU.

Os equipamentos mestres podem ser computadores com sistemas de supervisão ou outros aplicativos que via rede Ethernet utilizando protocolo Modbus-TCP acessam um dispositivo escravo com protocolo Modbus-RTU instalado no chão de fábrica.

Exemplo 4: Acesso via Modbus-TCP a dispositivos Modbus-RTU em RS485

Neste exemplo os equipamentos “A”, “B”, “C” e “D” operam como mestre Modbus na rede Ethernet (protocolo Modbus-TCP), acessando de forma compartilhada vários dispositivos escravos Modbus “1”, “2”, “n”. Neste cenário os dispositivos escravos possuem interface serial RS485 e disponibilizam protocolo Modbus-RTU.

Computadores com sistema de supervisão e outros aplicativos acessam através da rede Ethernet utilizando protocolo Modbus-TCP  diversos dispositivos escravos com protocolo Modbus-RTU instalados no chão de fábrica através de uma rede RS485.

 

Exemplo 5: Compartilhamento de portas

Quando habilitado este recurso, os pacotes de dados enviados pelo canal serial são reenviados para todos os canais ethernet ativos. Isto perrmite que uma informação gerada pelo equipamento serial seja enviada simultaneamente para até 4 portas ethernet, conforme apresentado na figura a seguir:

                                                                      

A funcionalidade de compartilhamento de portas é funcional apenas para o modo de operação transparente.

Solicitar Orçamento

  

Especificação Técnica

A tabela a seguir apresenta as principais especificações técnicas comuns a todos os modelos:

Especificação GTON-C SET
Alimentação 10..30 V DC, fornecida por fonte externa.Proteção contra inversão de polaridade
Consumo

1,7W nominal (2,0W máximo)

Leds de Sinalização

Led Verde (A) - Operação

Led Vermelho (B) - Dados trafegados na serial

Interface Ethernet

10/100 Base T (10/100 Mbits via conector RJ45)

Interface RS232-C Sinais RX, TX e GND.
Interface RS485 Sinais D+ e D-
Temperatura de Operação  0 .. 60 ºC
Temperatura de Esctocagem -20 .. 70 ºC
Umidade relativa <95% sem condensação
Caixa Alumínio e Poliestireno
Grau de Proteção IP30
Bornes borne duplo tipo mola para alimentação
Dimensões externas 40 (L) x 100 (A) x 106 (P) mm
Peso 300 g (aproximado)
Fixação Trilho DIN TS35
Especificação Técnica (PET) PET.30923100